Dicas/ Notícias

Alimentação restrita e o convívio social


Olá queridos.

Ter uma alimentação restrita e um bom convívio social ao mesmo tempo, as vezes pode ser um pouco difícil, considerando que grande parte dos programas entre amigos envolve “sair para comer”. Realmente, um programa fora de casa pode ser um pouco complicado, não é mesmo?
Por isto algumas pessoas acabam se insolando, evitando alguns eventos de trabalho, amigos e familiares. Com toda certeza isto não é legal, vai além da alimentação e começa a interferir no convívio social passando a afetar o psicológico.
Um bom convívio social está relacionado à nossa saúde e bem-estar, ter um bom convívio social é muito importante!
A convivência social nos permite aperfeiçoar o conhecimento, aprendendo a ouvir o que o outro tem a dizer, você adquire formas de pensar que te possibilitam a abranger a mente, se socializar. Por isto trate de socializar!

Não deixe que este motivo o impeça de sair de casa e curtir bons momentos.

No meu caso, as enzimas para a lactose não funcionam, mesmo assim não sinto falta de certos alimentos. E de fato, também não somos obrigados a comer para agradar os demais, venhamos e convenhamos, para tudo existe um equilíbrio.
Acredito que é possível ter ótimos momentos e manter uma alimentação equilibrada sem deixar os amigos de lado.

Deixarei algumas dicas de como costumo agir nestas situações e espero poder contribuir:

 

  • Quando amigos me convidam para sair para jantar, pergunto onde pretendem ir e o que pretendem comer. Entramos em um consenso e escolhemos um local que seja bom para todos. Sempre exponho aos meus amigos e familiares as minhas restrições e reais necessidades.
  • Quando vou a bares e restaurantes, pergunto ao atendente se leva leite, margarina, queijo, requeijão, manteiga… não tenho vergonha. Uma coisa eu aprendi: quem tem vergonha ou passa fome ou come e passa mal.
  • Para eventos ao qual não sei o roteiro, faço um lanche antes de sair de casa.  Levo também um lanchinho na bolsa, biscoito, sementes, fruta e até um chocolate, caso de vontade de um doce.
  • Em festas de aniversário ou refeições na casa de amigos. Assim que me convidam explico minhas necessidades com todo respeito para com a pessoa que me convidou e caso não tenha opções, me ofereço gentilmente para levar algo pronto.  As vezes a pessoa que convidou não faz ideia do que oferecer, além do mais, já tenho os ingredientes em casa e se torna mais prático.
    Alguns amigos até pedem para que eu leve, pois além de serem solidários comigo, eles acabam consumindo algo mais saudável e depois dividimos as despesas.
  • Em aniversários, formaturas e casamentos, levo meu chocolate na bolsa, pois os docinhos são tentadores.

É importante conversamos sobre isso com nossos amigos, familiares, vizinhos, cachorro e gato, sim!
Não estamos sendo chatos, as pessoas possuem necessidades diferentes e é importante que cada um compreenda o espaço do outro mantendo o respeito e um bom relacionamento.
Culturas diferentes podem contribuir de maneiras diferentes, respeitando o que cada um tem de melhor. Uma boa conversa poderá ajudar!

Hoje estou super adaptada com esta rotina, tenho um bom convívio com meus amigos e familiares.

E vocês como tem feito?
Deixe sua dica também, é sempre bom compartilhar nossas experiências para melhorar o convívio social.
(Comentários que possam acrescentar).

Socializar

Imagem: Google

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    VALDINEA VENTURA DE OLIVEIRA
    8 de junho de 2016 at 14:18

    Nossa, já deixei de ir à várias festas por causa da alimentação restrita! Chego a explicar pras pessoas que me convidam, a cultura daqui onde moro não vê com bons olhos o fato de levar comida pra festa de aniversário. Acabam achando que é frescura, por isso fico mais em casa.

    • Reply
      Jeane
      2 de agosto de 2016 at 11:58

      Oi Val poxa que pena, mas não dá bola não aos poucos as pessoas vão entendendo, pois é crescente o numero de pessoas com restrições. Obrigada pela visita aqui e desculpe a demora :*

    Leave a Reply

    ACOMPANHE

    Categorias